Archive for janeiro \31\UTC 2008

h1

engraçado

janeiro 31, 2008

na vida real, poucas pessoas agüentam me ouvir falando de séries. porém, na virtual, o post que me rendeu mais comentários neste blog foi justamente o que eu falava das malditas. na última visita que fiz à minha fornecedora oficial de vícios, voltei pra casa com quatro séries novas debaixo do braço. Damages, com a Glenn Close, está entre elas. Mas na pauta, as prioridades são os filmes do Oscar. Nem comecei ainda!

Anúncios
h1

o que eu estava fazendo em…

janeiro 30, 2008

a cla lançou a brincadeirinha e eu aderi. é bom pra movimentar as mosquinhas do blog.

1978?
eu ainda não existia. foi o ano em que meus pais casaram e minha mãe engravidou do meu irmão. ela planejava ter quatro filhos, logo eu já era um projeto.

1983?
eu tinha dois anos. não lembro de nada conscientemente, mas às vezes recordo de momentos e minha mãe diz que é impossível me lembrar dessas coisas, porque eu só tinha dois anos. foi nessa idade que comecei a fazer meus pais passarem vergonha em público, aliás.

1988?
eu fazia escolinha de esportes no clube, em são paulo. em um acampamento com a turma, perdi toda a minha mala de roupas. e junto minha pasta de papéis de carta. eu era um desastre.

1993?
estava na sexta série e morava em Itajaí. tinha uma paixão plantônica pelo melhor amigo do meu irmão na época. dei meu primeiro beijo na boca, mas não foi nele. ele só foi me dar bola quando eu tinha uns 15 anos.

1998?
ano que terminei o segundo grau, já morando em porto alegre. viajei para búzios, porto seguro e ilha do mel com os colegas do colégio e foi super divertido. neste ano, também comecei a namorar meu primeiro namorado sério.

2003?
ano em que elisa entrou na minha vida. isso basta para dizer que foi um ano cheio de mudanças e aprendizados.

agora é a vez da jojo, maria paula, neca, tião e ju.

h1

tarefa pré-Oscar

janeiro 23, 2008

Se as datas de estréias permitirem, quero assistir aos filmes abaixo antes da grande festa (se é que vai ter):

juno3.jpg
“Juno” (Juno, EUA, 2007) – Pega de surpresa com uma gravidez não planejada, a adolescente Juno toma uma decisão incomum e ligeiramente bizarra. Com Ellen Page. Previsão de estréia no Brasil em 22/02.

“Onde os fracos não têm vez” (No Country for Old Men, EUA, 2007) – Veterano do Vietnã aproveita uma venda malfeita de drogas e foge com US$ 2 milhões, mas é perseguido por assassinos.Previsão de estréia no Brasil em 01/02.

“Sangue negro” (There Will Be Blood, EUA, 2007) – Magnata do petróleo ensina ao filho princípios como ambição e riqueza, mas o filho simpatiza com trabalhadores socialistas.Previsão de estréia no Brasil em 01/02.

desejo.jpg
“Desejo e reparação” (Atonement, Reino Unido, 2007) – Uma jovem usa a imaginação para acusar o filho do caseiro de um crime que ele não cometeu, o que muda a vida dele e também de sua irmã mais velha. Em cartaz.

“Conduta de risco” (Michael Clayton, EUA, 2007) – Um homem trabalha numa poderosa firma de advocacia, tendo por função limpar os nomes e os erros dos clientes da empresa. Já saiu de cartaz em Porto Alegre, mas chega nas locadoras em março.

“Sweeney Todd – o barbeiro demoníaco da Rua Fleet” (Sweeney Todd: The Demon Barber of Fleet Street, EUA, 2007) – Barbeiro é preso injustamente e ao sair da cadeia coloca em prática sua vingança. Com Johnny Depp. Estréia prevista para 08/02 no Brasil.

“O Escafandro e a Borboleta” (Le Scaphandre et le Papillon, França/ EUA, 2007) – O editor da revista Elle tem um derrame cerebral, que faz com que o único movimento que tenha em seu corpo seja o do olho esquerdo. Previsão de estréia em 22/02.

elah_iw.jpg“No vale das sombras” (In the Valley of Elah, EUA, 2007) – Um jovem desaparece após retornar do Iraque, sendo considerado foragido pelo exército. Seu pai parte em sua busca, tendo o auxílio de uma detetive que trabalha na última jurisdição em que ele foi visto. Com Tommy Lee Jones, Charlize Theron e Susan Sarandon. Nas locadoras em 19/03.

“Senhores do crime” (Eastern Promises, EUA/ Reino Unido, 2007) – Dona de casa entra, acidentalmente, em um esquema de tráfico sexual conduzido por russos. Previsão de estréia no Brasil em 08/02.

“Na natureza selvagem” (Into the Wild, EUA, 2007) – Jovem abre mão de tudo e parte para o Alasca a fim de viver umaverdadeira aventura. Direção de Sean Penn. Previsão de estréia em 22/02.

“O assassinato de Jesse James Pelo Covarde Robert Ford” (The Assassination of Jesse James by the Coward Robert Ford, EUA/Canadá, 2006) – Jesse James, o mais notório fora-da-lei da América, é perseguido por seus inimigos. Mas o maior perigo vinha de seu próprio bando. Com Brad Pitt. Ainda sem previsão para locadoras.

jogos.jpg“Jogos do poder” (Charlie Wilson’s War, EUA, 2007) – Drama baseado na experiência do congressista texano Charlie Wilson, que passou momentos tensos no Afeganistão. Com Tom Hanks e Julia Roberts. Estréia no Brasil prevista para 29/02.

“Longe dela” (Away From Her, Canadá, 2006) – Uma mulher com mal de Alzheimer é internada numa clínica, que proíbe visitas nos primeiros 30 dias do paciente no local. Após este período seu marido vai visitá-la, mas ela já não mais o reconhece. Sem previsão.


“Piaf – um hino ao amor” (La Môme/La Vie En Rose, França/ Reino Unido/ República Tcheca, 2007) –
A vida e a carreira da cantora Edith Piaf. Com Marion Cotillard e Gérard Depardieu. Em cartaz nos cinemas, nas locadoras em 20/02.


“Elizabeth – the golden age” (Elizabeth: The Golden Age, Reino Unido, 2007) –
História amorosa entre a rainha Elizabeth I e o aventureiro Sir Walter Raleigh. Nos cinemas em 15/02.

“A Família Savage” (The Savages, EUA, 2007) – Dois irmãos adultos se descobrem arrancados de seu dia-a-dia para cuidar de um pai idoso e distanciado. Nos cinemas em 28 /03.

“Não estou lá” (I’m Not There, EUA/ Alemanha, 2007) – Cinebiografia sobre o cantor, compositor e músico Bob Dylan, na qual vários atores o interpretam em diferentes fases e aspectos de sua vida. Estréia prevista para 07/03.

encantada.jpg “Encantada” (Enchanted, EUA, 2007) – Uma princesa é banida do mundo mágico onde vive, o que a leva até a Manhattan dos dias atuais. Com Patrick Dempsey. Nas locadoras só em abril. Não vi no cinema porque só tinha versão dublada!

“O Gângster” (American Gangster, EUA, 2007) – Longa mostra a trajetória do maior gânster que já existiu na Nova York da década de 1970. De Ridley Scott, com Russel Crowe e Denzel Washington. Entra esta semana em cartaz nos cinemas brasileiros.

Acho que está de bom tamanho, né?? :)
h1

ui, gretta!

janeiro 22, 2008

Eu sou reclamona. Ou ‘linguaruda’, como já disse outras vezes Dona Isolete. Sim, ela já me chamou deste nome feio. A verdade é que eu sou brabinha e dificilmente deixo de dizer coisas que eu penso. Não que eu ache isso ruim, mas também não acho isso bom. Só não sei como não ser assim. Hoje, na aula de inglês, disse pra minha teacher que planejo ser uma pessoa mais tranqüila em 2008 para que as pessoas que têm medo de me dizerem algo, percam essa mania. Não sou uma má pessoa, aceito críticas, só que às vezes eu lato ao invés de falar. Mas é só esperar cinco minutinhos que eu já me recupero. Verdade.

Bem, todo esse desabafo sobre a minha personalidade é, na verdade, pra dizer que eu odeio pessoas incompetentes que não fazem direito seus trabalhos. Brigo em restaurante, em loja e até em banco quando não sou bem atendida. No telefone com a Net, então… nem se fala. Porém, reconheço quando me tratam bem e sempre elogio. Se não para a pessoa, para terceiros quando conto a história. Hoje, resolvi com pessoas muito sérias um atrito que tive há algum tempo atrás e estou enormemente satisfeita. É tão bom quando as pessoas fazem bem o seu trabalho, o cliente é bem atendido e todo mundo sai feliz, né? Sou uma entusiasta das boas relações. Aiai.

h1

A Vida dos Outros

janeiro 22, 2008

Quando saiu a lista dos concorrentes ao Oscar há mais ou menos 1 ano, eu me programei para assistir, no mínimo, metade dos indicados. Entre os filmes que eu tinha disponíveis, estava o alemão “A Vida dos Outros” (Das Leben der Anderen, Alemanha, 2006). Por algum motivo que nunca entendi, ele ficou ali guardado no meu computador e eu nunca assisti. Ele ganhou o Oscar de melhor filme estrangeiro, todo mundo elogiou e, mesmo assim, eu não vi. Precisou entrar em cartaz no cinema esta semana em Porto Alegre para eu finalmente ver. Desde que descobri o cinema alemão, tenho visto muitas coisas boas. E este filme não poderia ser diferente.

O filme usa como enredo o regime ditatorial na Alemanha Oriental para abordar a complexidade das relações humanas. Ele inicia frio, cinza e distante, mas no seu decorrer é que se percebe que é exatamente esta frieza que dá personalidade ao filme de Florian Henckel Von Donnersmarck. É desse universo escuro que surge a depressiva figura do capitão Gerd Wiesler (Ulrich Mühe), agente especial da polícia secreta da RDA, que tem como finalidade única servir ao seu país. Dedicado à sua missão de vigiar um intelectual alemão e sua namorada, uma famosa atriz, ele se envolve inteiramente na vida do casal, tornando a narrativa emocionante. Muito bom.

h1

californication

janeiro 22, 2008

Fazia tempo que Californication estava na fila e, agora que vi, adorei. Sério, o Hank Moody (David Duchovny) é um ser inacreditável. Ainda não cheguei na fase de cair de amores, mas é um dos personagens mais afudês dos últimos tempos, com certeza. E pra quem vê Friday Night Lights, guardadas as devidas proporções, Tim Riggins (Taylor Kitsch), o MELHOR bad boy de todos, é o Hank jovem.

E aproveitando que falei em FNL, alguém aí some com a Julie (Aimee Teegarden), por favor?? Ela é uma Kim Bauer piorada!

h1

p.s. I love you

janeiro 6, 2008
jeffrey.jpgQuase morri vendo o Jeffrey Dean Morgan (foto) em “p.s. I love you” ontem, no cinema. Infelizmente, ainda não é um filme inteirinho com ele, mas o pouco que aparece já é o suficiente para me deixar feliz. Eu, como eterna órfã de Denny Duquette, de Grey’s Anatomy, ainda não consigo entender porque as aparições dele são sempre limitadas. Mas enfim, o filme é muito fofo e me emocionou logo no início. Apesar de ser uma comédia romântica, não diria que é um filme totalmente ‘mulherzinha’. Baseado no livro homônimo da escritora irlandesa Cecelia Ahern, os roteiristas Richard LaGrevenese e Steven Rogers conseguiram criar uma trama divertida e atraente, que fala simplesmente sobre amor. O entrosamento dos atores é também um ponto positivo do filme, que tem Hilary Swank e Gerard Butler como o casal central, e Lisa Kudrow – ainda meio Phoebe – como melhor amiga da moça. Muitas estrelinhas de recomendação!