h1

A Vida dos Outros

janeiro 22, 2008

Quando saiu a lista dos concorrentes ao Oscar há mais ou menos 1 ano, eu me programei para assistir, no mínimo, metade dos indicados. Entre os filmes que eu tinha disponíveis, estava o alemão “A Vida dos Outros” (Das Leben der Anderen, Alemanha, 2006). Por algum motivo que nunca entendi, ele ficou ali guardado no meu computador e eu nunca assisti. Ele ganhou o Oscar de melhor filme estrangeiro, todo mundo elogiou e, mesmo assim, eu não vi. Precisou entrar em cartaz no cinema esta semana em Porto Alegre para eu finalmente ver. Desde que descobri o cinema alemão, tenho visto muitas coisas boas. E este filme não poderia ser diferente.

O filme usa como enredo o regime ditatorial na Alemanha Oriental para abordar a complexidade das relações humanas. Ele inicia frio, cinza e distante, mas no seu decorrer é que se percebe que é exatamente esta frieza que dá personalidade ao filme de Florian Henckel Von Donnersmarck. É desse universo escuro que surge a depressiva figura do capitão Gerd Wiesler (Ulrich Mühe), agente especial da polícia secreta da RDA, que tem como finalidade única servir ao seu país. Dedicado à sua missão de vigiar um intelectual alemão e sua namorada, uma famosa atriz, ele se envolve inteiramente na vida do casal, tornando a narrativa emocionante. Muito bom.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: