Archive for junho \25\UTC 2008

h1

declaração

junho 25, 2008

Elisa, entre um suspiro e outro, disse pro Márcio hoje:

Eu gosto tanto de ficar com a mamãe que me dá vontade de não sair do lado dela nunca!

É uma linda mesmo. E me dói fisicamente quando passo um dia longe dela, mas, às vezes, fico muito envolvida com o trabalho e acabo ficando com ela bem menos do que eu gostaria. Nada neste mundo é maior do que este amor. Nada.

Anúncios
h1

miss simpatia

junho 16, 2008

Já disse pra vocês que minha mana é linda, né? Pois então. Ela participou do concurso de Miss Nikkei RS e ficou com a faixa de Miss Simpatia. A gente sabe que ela é bem mais do que simpática, né? Mas enfim, ela ficou feliz. Abaixo, fotos do desfile com quimono e vestido de gala.


As fotos são de Fabiano Panizzi. Eu as roubei do Planeta Japão, blog da querida Anik Suzuki.

h1

a ‘entressafra’

junho 11, 2008

Uma amiga sofreu um bocado com o fim de um namoro. Passou um tempo mal, se achando a criatura mais sem graça do mundo, do tipo ‘ninguém me ama, ninguém me quer’. Depois, se  afundou no trabalho e ficou esperando a vida passar enquanto ela dava um tempo pra cabeça, coração, essas coisas. Até que num dia desses, começando a querer voltar à vida, encontrou, numa festa, um cara ‘muito gostoso’ – ela quem disse, amor! – e rolou a química mais forte da sua vida. No dia seguinte, acordou feliz, feliz, se achando linda e  desejada, e decidiu se presentear com o sapato mais caro que encontrou.

Aí, já sóbria, lembrou do contato do MSN que o carinha havia dado e tentou adicioná-lo. Foi quando descobriu que o endereço e suas variações não existiam. Azar! Mas nem triste ela ficou. Pois, no fim das contas, ela quem saiu ganhando: além da auto-estima de volta, um bom sexo e um lindo par de sapatos!

h1

reflexão

junho 5, 2008

– Ô, mãe, se tu quer emagrecer, por que é que tu come, então? Todo mundo come pra ‘engordecer‘!

h1

Ah, Verona…

junho 3, 2008

Vendo o Caderno Viagem da Zero Hora de hoje, a linda Verona foi citada como um dos roteiros mais românticos do mundo. Ai, ai, saudades! Eu amei Verona, foi uma das mais gratas surpresas de todo o nosso passeio pela Itália. Se bem que em se tratando de Itália, tudo é lindo.

*suspiro*

h1

piada de tiozão do japa-pai

junho 2, 2008

– Bah, meu dedo quase foi pro saco hoje!

– Como assim? Machucou? Também, você está sempre usando essas facas afiadas pra cozinhar!

– Não, é que meu bolso tava furado.

h1

tudo que é seu, é meu

junho 2, 2008

Minha mãe passou a semana inteira procurando  uma calça dela. Revirou os armários, o cesto de roupas sujas, a pilha de roupas para passar, e nada da dita-cuja aparecer. Perguntou milhões de vezes para a empregada, que jurava não se lembrar da tal calça.

“eu tenho certeza de que botei pra lavar semana passada!”, repetia minha mãe já evocando São Longuinho.

Os dias passaram, eis que meu pai chega na quinta-feira de uma viagem de uma semana. O japa entra em casa vestindo uma calça jeans um pouco mais curta que o normal. E um pouco mais justa também. Minha irmã olhou, achou estranho, mas não comentou nada. Já minha mãe, quando reparou no modelito, disparou:

– Hiroshi, tu tá usando a minha calça!!! Passei a semana inteira procurando e ela tava contigo!

Meu pai, sem dar muita bola, respondeu:

– mas tava no meu armário, ué!

tsc, tsc… Homens!!

Agora, sério, imaginem o meu pai usando uma calça justa e curta.